< Ver outros artigos

O que é tontura e o que ela significa?

22/12/2015

Sensação de movimento do corpo, desequilíbrio e até mesmo fraqueza das pernas e escurecimento da visão. Esses são apenas alguns dos sinais da tontura, mal-estar que já fez parte da vida de grande parte das pessoas. Mas, afinal, o que é a tontura e o que ela significa?

Mário Edvin Greters, professor assistente e doutor da disciplina de otorrinolaringologia da faculdade de Medicina da PUC-Campinas, esclarece que a tontura pode se manifestar de inúmeras maneiras. “O escurecimento da visão, por exemplo, pode estar relacionado ao jejum prolongado, à exposição ao calor (insolação), problemas de circulação, arritmias cardíacas, anemia, entre outros fatores”, explica.

O profissional alerta que sempre que as tonturas forem muito intensas ou estiverem associadas a sintomas como dor de cabeça, náuseas ou vômitos, doenças como diabetes ou hipertensão, o médico deverá ser procurado. “Em primeiro lugar, a pessoa deve se acalmar, sabendo que na maioria dos casos, embora seja bastante desagradável, o sintoma raramente indica um problema grave”, aconselha.  

Segundo o professor, tonturas que trazem a impressão de tudo girar geralmente indicam doença do labirinto. “Nesses casos, embora possam ter melhora espontânea, recomenda-se a visita a um médico. O problema pode demorar para melhorar, além de muitas vezes vir acompanhado de vômitos intensos”, informa.

Já em casos que a tontura seja uma sensação de desfalecimento, o especialista recomenda deitar com as pernas elevadas, o que facilita o retorno do sangue para a circulação. “Se essa mesma sensação se manifesta após longos períodos de exposição solar ou permanência em locais com temperatura elevada, a pessoa deve ser removida para um local mais fresco e tomar bastante líquido enquanto aguarda assistência especializada”, indica.

Pacientes diabéticos, principalmente que fazem uso de insulina, podem ter tonturas por diminuição do açúcar no sangue. “Em caso de dúvida, pode fazer uso de um doce ou água com açúcar e procurar um serviço de saúde em seguida.”

Por fim, Mário tranquiliza: qualquer pessoa pode apresentar tonturas em situações de estresse, como em véspera de provas, após uma notícia ruim, após uma perda importante ou após longos períodos sem comer. “O médico de escolha para o início de investigação das tonturas é um bom clínico geral. Ele fará uma consulta em que poderá saber qual é o órgão ou qual o sistema que está comprometido, e poderá iniciar um tratamento ou então encaminhar para o especialista mais indicado para cada caso, geralmente o otorrinolaringologista ou o neurologista”, conclui.

9 dicas para evitar tonturas

  • Evite ingerir grande quantidade de alimentos.

  • Evite gordura e bebidas gaseificadas antes de viagens e da prática de exercícios físicos.

  • Mantenha-se hidratado: tome no mínimo um litro e meio a dois litros de água por dia.

  • Durma pelo menos oito horas por dia.

  • Pratique exercícios regularmente.

  • Evite doces entre as refeições.

  • Não tome medicamentos sem conhecimento do seu médico.

  • Não ultrapasse 5 xícaras de café ao dia.

  • Evite a prática de exercícios nos períodos mais quentes do dia.

LOGIN PARA farmacêuticos e balconistas ou médicos

Cadastre-se
Copyright 2017 Legrand - Todos os direitos reservados.